quinta-feira, 11 de outubro de 2012

COGUMELOS

Com o Outono surgem, em maior quantidade, aqueles fungos que fascinam tanta gente: os cogumelos! E no nosso jardim, não há excepção. Daí, começámos por falar sobre o que são, perigos e utilizações, opiniões, estrutura e, fomos encontrar alguns.
A seguir, com restos de tecidos, feltro e algodão, decorámos o nosso placard de entrada da sala. Também ecrevemos "O que sabemos acerca dos cogumelos:" para partilharmos as nossas aprendizagens.

                 




Podemos explorar o meio físico, cores, formas, texturas, a destreza manual, noções espaciais, abordagem à escrita... a transversalidade das áreas é evidente!                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                             

                                                                                                                                                                             

HORÁRIO: o nosso dia

                                                                                                                                                                    
A planificação dos nossos dias ajuda-nos a organizar o tempo e, pela vida fora, a construir estruturas de sequências espacio-temporais essenciais.
Este friso do dia tem anexo o dia   (não está na foto), que alteramos no fim da marcação das presenças, recordando em que ponto da semana estamos.
Com este quadro trabalhamos noções temporais como primeiro, depois, a seguir, de manhã. de tarde...,Para algumas crianças é um material de apoio no seu dia-a-dia, uma vez que reparo que surgem dúvidas, para as outras é um reforço destes conceitos. Ao lado temos uma caixa com mais imagens (aula de música, passeio, etc).

Este tipo de horário é uma ferramenta indispensável a utilizar em crianças com síndrome de autismo.



sábado, 29 de setembro de 2012

Dia Mundial do Coração

Este ano decidimos ir para a rua, de coração na mão, oferecendo corações à população.
"Estamos a celebrar o Dia Mundial do Coração, hábitos saudáveis para um coração saudável. Podemos oferecer-lhe este coração? Posso prender na sua camisola?". Foi esta a minha abordagem às pessoas, soletrando a palavra  oferecer, para que não fugissem de nós.

Houve quem quisesse dar-nos dinheiro e também muitas pessoas que se encantaram com a nossa presença pelas ruas.

Os meninos estavam conscientes da missão que tínhamos e divertiram-se bastante!





Outono, aguarelas, cores e tamanhos...

Nos últimos anos o Outono tem vindo um bocadinho desviado dos nossos calendários e por isso mesmo decidi..."este ano não vou falar grande coisa acerca de outono".
Então não é que o Outono veio mesmo certo, certinho, chegou no dia certo e com o tempo atmosférico certo?! Até o tempo se contradiz... Voltando aqui...os trabalhinhos ficaram muito fofos e adorei a forma como os meninos se empenharam numa tarefa aparentemente tão básica mas...útil.

segunda-feira, 24 de setembro de 2012

Manual de apoio para a sala



Este é o manual de apoio que adoptei para juntar às atividades, a realizar na sala, com o grupo de crianças. 

Porquê? Parece-me importante que, gradualmente, a criança desenvolva um sentido de responsabilidade com os seus materiais, assim como os cuidados com estes e com o seu manuseio.
E, evidentemente, a adequação das atividades apresentadas e o interesse destas como complemento do trabalho pedagógico efetuado.


Chica larica - lengalenga


Ana Rita Pirolita - lengalenga


segunda-feira, 11 de junho de 2012

Toca e Sente

É mesmo isso, toca e sente! O tacto (sem acordo ortográfico) é um dos cinco sentidos que nos ajuda a conhecer e explorar o mundo em que vivemos. 
Podemos descobrir textura e consistência, temperatura e humidade, tamanho e peso, e as figuras dos corpos. 

Este é o esboço do nosso trabalhinho  realizado com materiais trazidos de casa pelas crianças.
Aos papás, mais uma vez, obrigado pela colaboração!

sábado, 2 de junho de 2012

O nosso Dia da Criança...

Às vezes torna-se complicado fazer coisas simples!...Ora porque "não se pode fazer isto", ora porque "tem de se fazer aquilo", e acabamos por andar perdidos no meio daquilo que faríamos...se não houvessem tantos "ses".
De qualquer forma Dia da Criança é igual a Dia de Muitos Sorrisos e, isso conseguimos!!!

Começámos a nossa manhã por ouvir uma encantadora história "Tartarugas em Perigo". O contador foi um convidado,o sr O.C., jornalista, que  ofereceu o livrinho à nossa Biblioteca Escolar, recentemente reestruturada e inaugurada.

Depois fomos fazer um passeio turístico pela cidade, conhecer alguns espaços verdes à beira do rio e lugares onde os papás podem fazer um piquenique, ou ao final do dia fazer um jogo de futebol ou basquete, andar de bicicleta, de skate...Ainda fomos ao parque correr, trepar, saltar, andar de baloiço...
O almoço correu muito bem e a sesta veio mesmo a calhar!

À tarde tivemos um lanche com um suplemento delicioso: um gelado, comido sentados nas mantas estendidas na nossa relva. Ficámos todos lambuzados, foi tão fixe!!!



E o dia foi terminando com brincadeiras na nossa caixa de areia , explorando os brinquedos de praia, debaixo dos guarda-sol.
Quando fomos para casa  na mão levamos um cone de pipocas, feitas com a boa-vontade da nossa cozinheira, e muitas coisas para contar em casa, com muitos sorrisos de um dia-cheio!
























Mãe - canção


quinta-feira, 31 de maio de 2012

Isto sou eu a falar...

Os meus dias são uma corrida constante, uma permanente agitação conduzida pela minha vida profissional, juntamente com a pessoal, e somando aqueles momentos que ninguém convida para estarem presentes mas, eles lá se vão intrometendo... Nem sei se já conseguiria viver sem  corre-corre. Mas, este é demasiado...
Dou comigo a pensar que mandava tudo à fava (ai se pudesse!), e dedicava mais tempo aos meus filhos e a mim própria. Esqueci-me de mim, arrastei-os comigo, e no entanto, a dedicar-me tanto aos outros. Como é possível?

Porém, olho à minha volta, quando consigo estar em plenitude na minha sala, com os meus meninos, que riem das minhas caretas, que me pedem miminho, quando vamos à descoberta, e naqueles momentos inesquecíveis de partilha e cumplicidade...suspiro. Vale a pena? Quando posso ser educadora, sim, vale a pena!...

Depois, também penso nos pais que me deixam um laço de amizade. Uns foram, outros vão chegando...A maioria têm sido excelenttes companheiros nesta viagem de partilhar a educação dos filhos. Nunca terei um "obrigada" suficientemente forte para lhes agradecer o que fazem, as respostas que trazem aos meus desafios, a participação activa na vida escolar. Principalmente, a confiança que depositam em mim quando me entregam os seus tesouros.

Não há rosa sem espinhos, porque, também há aqueles pais que só se preocupam com a escola numa época: a da matrícula. Depois de entrar, olarila, nunca se vai a uma reunião de pais, não se participa em nada que envolva sair da sua zona de conforto. Para esses o verbo "exigir" comanda. Dou comigo a pensar em como consegui criar dois filhos sozinha, sem avós por perto, sem empregada?...Fiz o esforço que era necessário, talvez até demasiado. Disseram-me "dedicas-te demasiado!". Mas, há limite na dedicação aos outros?!

Isto sou eu a falar, que hoje estou para aqui virada!

Decorações para festas


Alimentação equilibrada

Como o meu grupo de meninos tem 3 / 4 anos abordei esta temática de uma forma mais light...(eh eh eh! não resisti ao trocadilho). Optei por uma abordagem breve mas que sensibilizasse para alguns dos cuidados básicos que devemos ter com a nossa alimentação, entre os quais, a indispensável toma do pequeno-almoço!











Na roda da alimentação falámos da importância de consumir todos os alimentos e em que porções, identificando aqueles que se devem consumir em maior quantidade através de maior quantidade de bolinhas coladas.

Sou o número dois...

O nosso corpo é o primeiro instrumento de experimentação e, é interessante vermos como nos ajuda a entender melhor as nossas percepções. Fazer o número dois através da modelagem de plasticina ajudou-nos a sentir a necessidade que aquela cobrinha tinha de se curvar até parecer um 2. 




Dia da Mãe - prendinha

Beijinhos de borboleta, Mãe...

Uma bolsinha  feita em esponja e decorada com rafia. 

Os dedinhos voltaram a fazer flores e o corpo da abelha e da joaninha.
Com simples papel manteigueiro fizemos os envelopes e os meninos carimbaram com cores muito alegres.

E a canção para a Mãe...lindos, lindos!...

A nossa sementeira de feijões







 24 Abril
 4 Maio
 11 Maio
 11 Maio

Painel/Mobil da Primavera

Após a chegada da Primavera, a entrada da nossa sala esteve vivamente decorada com coloridas borboletas!
Os papás ajudaram, trazendo para a sala os rolos de papel higiénico vazios, e assim todos contribuimos um pouquinho para nos mantermos atentos às necessidades do nosso planeta.
Agora as nossas borboletas esvoaçam alegremente, sobre as flores, na nossa sala, suspensas num mobil.

quinta-feira, 22 de março de 2012

Princesinha - Não Gosto de Salada

"A Princesinha não gostava de salada - especialmente de tomate.
Mas quando lhe deram sementes para ela própria plantar e viu os primeiros rebentos do seu tomateiro a despontar, mudou de ideias!" Podemos abordar vários conteúdos através desta história, entre os quais a alimentação, origem dos alimentos e...agora na Primavera, as sementeiras, as plantas!...
http://www.presenca.pt/livro/infantis-juvenis/livros-ilustrados/nao-gosto-de-salada/

segunda-feira, 19 de março de 2012

A ti, meu Querido Pai!

http://www.youtube.com/watch?v=RS_UaPrQ3DI

...um eterno Obrigado, meu querido Papá. Com todo o meu amor!

Dia do Pai - prendinha

Esta lembrança foi feita com muita dedicação pelos meninos e por mim, para proporcionar um daqueles momentos "para mais tarde recordar". É um porta-cartas personalizado e lá dentro já tinha a sua primeira mensagem: um poema dedicado ao Pai.
Hoje o lanche teve lugar no exterior e na companhia daqueles papás que puderam estar presentes.
Parabéns a todos os Pais!

Técnica da pintura de salpico

A pintura por salpico é bastante fácil de realizar e podem-se obter resultados lindíssimos, dependendo do objectivo final.
Material necessário:
  • Tintas bastante líquidas
  • Escovas de dentes
  • Pau fininho ou até o cabo de um pincel fino
  • Base / papel 

A forma como me parece funcionar melhor e sem sujar muito: no fim de molhar os pelos da escova, ela deve ficar virada para cima. Depois, fazer passar o cabo de um pincel fininho a partir da ponta para nós. Vão saindo salpicos de tinta que se projectam no papel que queremos pintar.

 
Nesta cartolina foram usadas poucas cores para posteriormente ser recortada em forma de caixa (lembrança para o Dia do Pai) . Dependendo do que se pretende, quanto maior for a mistura de salpicos, mais divertido se torna o resultado! Experimentem!


    sexta-feira, 2 de março de 2012